Tlf: (+351) 261 858 450preoeste@preoeste.pt
 

MONTAGEM

 

A montagem será iniciada pelos pilares, encaixados nos alvéolos das sapatas, entretanto executadas no local, alinhados, aprumados e mantidos na posição exacta por intermédio de cunhas de madeira colocadas no bordo superior do alvéolo da sapata, enquanto o betão de enchimento, que vai garantir o encastramento, não ganha presa. Assim que tal se verificar, inicia-se a montagem dos painéis (se for o caso) e das peças horizontais (vigas de piso ou de caminho de ponte rolante, vigas de travamento, asnas, platibandas e madres), procedendo-se à chumbagem (ligação) das madres às asnas e ao enchimento da cumeeira (formada com a madre superior de cada uma das águas), com betão armado colocado «in situ», imediatamente após a montagem das asnas, de modo a garantir o seu travamento e solidarização transversais, seguindo-se a colocação de revestimento de cobertura.





6692